Save me!

Impressionante… Assistindo ao vídeo abaixo, cheguei a conclusão de que nem para viado o Restart serve. Queen é soberano (sem trocadilho…)!

Além disso, o cara cantava MUUUUUUITO!!!

5 Respostas to “Save me!”

  1. Coincidentemente, ontem vi no Canal Bio HD (show !) um programa de 2 horas sobre a história do Queen. Muito bom. Mostrou de início Brian May (Phd em Astrofísica) falando sobre os primeiros shows com a banda auto-denominando-se “Queen” na faculdade; sobre o sucesso na América junto ao público e os críticos descendo a porrada (mesma coisa que aconteceu com Led Zeppelin, por exemplo), a evolução da banda tendo Freddie como showman, o declínio da popularidade da banda nos EUA (só por causa do clipe de “I Want to Break Free”, com eles travestidos – supostamente a MTV, que na época começava sua ascensão e os boicotaram o vídeo por não achá-lo apropriado “aos típicos americanos – e não sabiam claro que o clipe era uma paródia de uma novela que se passava na Inglaterra) e o aumento em contrapartida, da popularidade no resto do planeta e seus consequentes mega-shows em estádios lotados. Claro que o final foi triste. Foram mostradas imagens das gravações dos últimos clipes como “I’m going slightly mad”, com Freddie cada vez mais debilitado em conseqüencia da Aids e até finalmente sua morte. Mostrou também imagens daquele mega show em homenagem a Freddie (show que foi apagado de uma fita VHS pelo irmão de nosso amigo Rocco, pra gravação de algum programa escroto…rsrsrs). Agora é esperar aparecer uma banda tão boa quanto. Coisa difícil em tempos de Restart…

  2. Rocco Says:

    A morte do Freddie foi a que mais senti no mundo da música. Nem o grande Renato Russo me emocionou tanto.
    Acho que, mesmo sendo muito jovem, já tinha noção da perda para a música… E até hoje, já um velho ator pornô aposentado, tenho a mesma sensação. A morte do Freddie foi irreparável.

    • Acho que o mais triste na morte de grandes ídolos, no caso morte prematura, é pensar principalmente em quanta coisa eles poderiam ter feito e não fizeram. Com certeza o Queen estaria ativo até hoje, a menos é claro que eles quizessem parar. Bonham morreu cedo e o Zeppelin acabou. Freddie morreu cedo, Queen não é mais o mesmo, por mais que tentem. Morrison, Lennon, Renato e tantos outros. Mas pior é saber que pouca coisa nova de qualidade apareceu pra suprir os que foram perdidos.

  3. Rocco Says:

    Outra coisa interessante é avaliar que as bandas atuais são piores que as antigas. Comparar Queen com Restart, por exemplo.
    A música está profundamente ligada ao emocional, ou seja, a um momento da vida na qual ela foi uma “trilha sonora”. No memória, isso fica muito marcado, especialmente quando ocorre na etapa da vida em que as emoções estão a flor da pele, ou até fora de controle (juventude)!…
    Assim sendo, a emoção causada pelo Restart na juventude, hoje, marcará a vida dessas pessoas para sempre!
    Podemos comparar sim a qualidade musical desses musicos, e aí não tem como: Pobre diabos os jovens de hoje, cuja trilha sonora será, para sempre, uma merda…

  4. Ananke Says:

    Comparar o Restart com o Queen….? No quesito “emoção causada pela juventude”, ok. Compreensível. Ainda assim, é lamentável que a juventude atual tenha opções tão pobres de trilha sonora, de fato. Às vezes me pergunto se devo ao saudosismo essas avaliações tão pessimistas em relação a música atual. Mas ao ouvir aqui ser mencionado esse “ícone” da juventude, o Restart, chego a conclusão que não é saudosismo, não! Não se faz mais música como antigamente… (E aposto que nossos pais pensavam a mesma coisa…)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: