Quanto vale a vida?…

Bom, acredito que todos ficaram sabendo da última troca de prisioneiros realizada entre Israel e os palestinos.

Para quem não sabe, foram libertados 1027 palestinos por UM israelense (que foi sequestrado há cinco anos). A desproporção chamou a minha atenção, o que me fez pensar no porquê de tamanho disparate…

Não resta outra, senão o valor que cada povo (representado por seus líderes) dá a vida de seus conterrâneos.

Um israelense, para o governo israelense vale 1027 palestinos.

Um palestino para o hamas, que governa parte de “palestina”, vale 1/1027 ávos de israelense.

Sem alongar mais, acho que essa equação dá a dimensão da diferença entre os valores de cada povo, ou seja, a paz está longe… Pena.

Anúncios

7 Respostas to “Quanto vale a vida?…”

  1. PHYODA Says:

    Prefiro as equações e geometrias da tentativa de uma teoria dos campos unificados (http://pt.wikipedia.org/wiki/Teoria_do_campo_unificado). Pra sociologia essa matematicazinha aí tá muito furada.
    Mas, a conclusão procede: estamos longe da Paz.

  2. Pra mim, um simplesmente negociou melhor que o outro. A vida de um pequeno peão não vale absolutamente nada, para nenhum dos dois lados. Não há mocinhos nessa história.

  3. É para manter a proporção, a cada israelense morto eles matam 1.000 palestinos e aplicam a mesma conta para os prisioneiros. Simples assim. Não tem nenhum santo lá Rocco, desista, rs

  4. Rocco Says:

    Não há santo em lugar algum. Aliás, nunca há.
    A questão passa longe de santos e não santos. É uma questão de VALORES. E considero os meus (e da da civilização ocidental em geral) mais alinhados aos dos israelenses.
    Só isso.

  5. Rocco Says:

    Para quem ainda não entendeu, desenho:

    Tolerância;
    Justiça;
    Respeito;
    Liberdade; etc.

    Para facilitar ainda mais, que tal comparar estes valores entre nações ocidentais democráticas e orientais islâmicas, especialmente no quesito “homens x mulheres”.

  6. Ahhh, anexa um .pdf aí pra eu entender! Bom, agora é a minha vez de desenhar: Não sou a favor das tiranias islâmicas e seu modo de vida que desrespeita a individualidade e o ser humano, e não concordo em comparar Israel com as outras democracias ocidentais. Basta você descer da torre Alte. Barrosos e dar um passeio por aí, pode ser aqui perto de casa mesmo onde há templos de todas as religiões imagináveis,vais observar judeus ,muçulmanos,cristãos,macumbeiros e etc.. discutindo futebol em uma banca de jornal. Isso sim é tolerância,justiça.respeito e liberdade.
    Esse assunto já deu né?

  7. Fodam-se todos eles. Estou cagando mole e pastoso pra isso. Se um povo quer liberdade e direitos, deve lutar por isso. Nós brasileiros nunca lutamos e por isso não temos essas coisas.

    Se eles querem cortar seus prepúcios ou apedrejar mulheres, é opção deles permitirem ou não isso. Ninguém deveria ir se meter na casa dos outros, por isso eu digo: foda-se esta merda, problema deles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: