Rio olímpico I

Estou concluindo o livro FREAKONOMICS, escrito por STEVEN LIVITT e STEPHEN DUBNER.

Mas não é dele que vou falar aqui, mas de um capítulo em especial. Sobre segurança pública.

Eles pontuam os fatores que reduziram a violência nos EUA no decorrer da década de 90 e 2000. São eles:

  • Aumento do número de policiais;
  • Maior número de prisões (no sentido de presos); e
  • Aborto.

Não vou entrar em cada justificativa, mas eles fundamentam muito bem cada uma. Quero na verdade fazer um contra-ponto com o nosso Rio Maravilha… A ser:

  • Aumentou-se o número de policiais graças às UPP’s, mas SOMENTE nas comunidades onde elas foram instaladas, ou seja, nas favelas com UPP a proporção é de 1 policial para algumas dezenas de habitantes, enquanto que no “asfalto” (que pagam impostos) a proporção é de 1 para algumas centenas de habitantes.
  • O modelo de UPP’s do Rio não prevê prisões, e isso é reconhecido pela SESEG/RJ. Fora a situação de colapso do sistema prisional fluminense, justificando a ida de presos para outros estados.
  • O aborto é proibido no Brasil em função da subserviência do Estado à igreja católica.

A CONCLUSÃO É DE VOCÊS…

2 Respostas to “Rio olímpico I”

  1. PHYODA Says:

    Aborto tá fora de questão pois é preciso uma geração pelo menos para ter esse efeito. E controle da natalidade eficiente pode ajudar, mas não daria tempo de qualquer forma.

    Quanto aos policiais e a marginalidade é tudo uma questão de negociação entre os grandes, que podem lucrar tb com o turismo.

    Mas, nem melhor, nem pior, o que interessa é que a roda da história continua a girar, de uma perspectiva mais sociohistórica, claro.

  2. NAPALM resolveria…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: