Justiça dos EUA nega, em caráter definitivo, pedido de avós para visitar Sean

A manchete acima está no Globo on Line de hoje.

A caso em si já foi objeto de post e debates neste renomado e popular Blog.

Trago-o novamente apenas para ressaltar aquilo que já sabemos e que eu, em particular, admiro muito: Memória.

Países/povos anglo-saxões e germânicos NÃO ESQUECEM.

No caso do garoto Sean, o que eles não esquecem é o SEQUESTRO realizado pela mãe e posteriormente pelo padrasto e família (avós).

Anúncios

7 Respostas to “Justiça dos EUA nega, em caráter definitivo, pedido de avós para visitar Sean”

  1. Ahn… Rocco, complete o post…

  2. Hummm, deixe-me adivinhar como o Rocco completaria seu post:

    “No caso do garoto Sean, o que eles não esquecem é o SEQUESTRO realizado pela mãe e posteriormente a GUARDA EM CATIVEIRO pela familia da mãe, apoiada judicialmente pela família Lins e Silva.

    O que se faz finalmente é justiça quando os americanos impedem que uma família poderosa manipule relações internacionais. Acho ainda que foram magnânimos, pois por mim o moleque poderia arder nas chamas do inferno.

    Fui!”

  3. Rocco Says:

    Foi mal… Escrevi no trabalho, e lá é cheio de filtros e bloqueios malucos para impedir blogs.

    Já corrigido.

  4. Conheço esse uruk-hai da foto. Não confiaria meu filho aos cuidados dele…

  5. BenzinhaG Says:

    Sou a favor de 1 bomba…só 1 bomba atomica nesse pais de merda!

  6. Rocco Says:

    Agora sim concordamos!!! Finalmente!!!

    Explodir esta merda de Brasil e melhorar o planeta terra!…

    Valeu BG!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: