Tira o sofá!

Volto a um tema que, entra ano sai ano, volta às manchetes.

O problema do Sistema Carcerário Brasileiro.

Argumentos como: O sistema não ressocializa (seja lá o que isso for…), não recupera (idem…), fabrica mostros – pois “inocentes” presos aprendem com os barra pesadas (que, segundo os especialistas, devem ser ressocializados!…), etc. Não convencem mais.

Clientes como Fernandinho Beira-Mar, Champinha, Suzane Richofen (foto), entre outros do calibre, não se recuperam! Vamos encarar o fato que alguns humanos nasceram para praticar maldades. Pronto.

E para solucionar a questão, o que o Judiciário (CNJ) propõe? Mutirão de soltura! Isso mesmo. Não há espaço, solta, ou ainda melhor: Não prende! Aliás, esta última é uma política OFICIAL do Governador do Rio (Alguém ainda lembra daqueles traficantes que fugiram do Alemão?…).

O problema é mais simples do que parece e a verdade é uma só: FALTAM VAGAS. O problema é de infra-estrutura. O brasil possui 480.000 presos e mais 400.000 condenados e foragidos para 350.000 vagas. Não pode dar certo. A conta não fecha.

Mais vagas e em melhores condições – Ah! As melhores condições não são só para os presos, mas para o melhor controle destes e segurança dos funcionários responsáveis por eles.

5 Respostas to “Tira o sofá!”

  1. Ananke Says:

    “Vamos encarar o fato que alguns humanos nasceram para praticar maldades.”
    De fato. E as criaturas citadas podem bem se enquadrar nesse grupo. Entretanto, tem tantos outros que não se enquadram mas cometeram delitos e são penalizados em condições embrutecedoras. Li um dia uma frase do Glauber Rocha que dizia mais ou menos que o comportamento normal de um faminto é a violencia ( falava de pessoas que tem fome de comida mesmo). Bem, fome de dignidade é foda. Vai ficar preso em uma jaula (literalmente), a ceu aberto, fazendo coco em um canto e convivendo com baratas e ratos…( condição real em alguma cidade que não me lembro). A perspectiva do sujeito sobre a humanidade não vai pender pra nada que passe perto de uma desejável ressocialização, não.

    Há um problema de infra e a conta não fecha mesmo! Mais vagas pode mudar alguma coisa. Mas acredito que existe gente quebrando a cabeça por aí pra saber o que mais se pode fazer.

  2. Ananke Says:

    By the way, essa foto foi muito bem escolhida…

  3. BenzinhaG Says:

    Eu tenho uma calopsita!

    Meu comentário sobre esse post é:

    “Bandido bom é bandido morto!!”
    Fez merdão?! Passa o rodo em geral que vai sobrar até espaço pra montar uma piscina tone!!

    Só acho que não devemos matar os mininos q não pagam pensão.. apesar disso ser um crime..

  4. PHYODA Says:

    Helloow! Todo mundo nasceu pra fazer maldades e bondades…ou vcs acham que a daddy´s girl aí em cima não alimenta suas calopsitas? Coisa fofa!
    E a Madre Teresa nunca deu um peidinho em baixo do lençol, quando era noviça e comia feijão e dormiam todas juntas? Coé!? Agora tem humano menos humano que outro humano? Pó matá geral que tá legal?
    Cara, se alguém toca em outro alguém que eu amo, putz, vou querer empalar com o sabre de luz… e olha que eu sou do lado augusto da força! Mas daí que eu vá fazer isso mesmo é outra história!
    Pra me defender ou alguém que amo, mando logo o pézão no queixo, que nem o Aranha no Belfort! (kkk to rindo até agora dos manés que pagaram 40 Reais pra 4 min. de luta!)
    Mas, alguma coisa entre o ontem e o hoje me faz ser de paz… e não é minha “natureza humana”. Se isso existe é com certeza ambígua, boa e má (conceitos extremamente relativos, em certa escala) ao mesmo tempo.
    Resta a pergunta, todo mundo quem tem calopsita tem tendências psicopatas?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: